Especial de perguntas e respostas - edição 1



Em comemoração aos 1000 inscritos no canal Psicanálise & Eu no Youtube, vou trazer um resumo das perguntas e respostas dos expectadores. Agradecemos aos assinantes e continuaremos nosso trabalho com muita responsabilidade e seriedade. Quando o narcisista vai se prejudicar, como age? O critério deles é nunca se prejudicar. Eles não são mártires e não se sacrificam por ninguém. Se o narcisista fizer algo que vai prejudicá-lo é porque certamente o prejuízo (se ele não fizesse) seria muito maior. Há indícios de que as pessoas portadoras do transtorno de personalidade narcisista não têm os neurônios espelhos (aqueles que têm a qualidade de se enxergar na situação do outro que inclusive envolve até contrações musculares, como se fossem nossas), funcionando de forma necessária para ter empatia. Estudos feitos com os cérebros dos psicopatas e narcisistas cada vez mais revelam uma característica diferente. Destacam problemas na amígdala, no sistema límbico de um modo geral e mostram que essas pessoas não se embaraçam ao tomar decisões que prejudicam os outros. Quando os narcisistas usam os filhos pequenos ou adolescentes em comum para manipulação, como lidar com isso? Primeiramente, deixamos claro que é necessário ter certeza que a pessoa em questão tem o transtorno de personalidade. No caso de crianças menores, se estiver no seu controle evite o máximo de contato com o narcisista. Acatar somente o obrigatório da guarda compartilhada. Dê sempre o bom exemplo não falando mal do outro. Se o filho é adolescente, o funcionamento do cérebro é diferente. Eles embora não tenham maturidade para tomada de decisões, agem como se tivessem. No entanto, a responsabilidade são dos pais, busque conhecimento específico sobre a idade do filho e use de sabedoria e bom senso. Não deixe decisões importantes para os filhos tomarem, porque inclusive as crianças e adolescentes não tem a formação cerebral com todas as conexões formadas necessárias para decidir da melhor forma. Como fazer para não ser atraído por outro narcisista no futuro? Reconhecer que foi vítima sem se vitimizar. Depois buscar conhecimento sobre o assunto. Buscar em seu passado com quem foi desenvolvida a codependência. Ir atrás das suas raízes. Se você não souber onde está a origem, qualquer um que reproduzir a mesma situação com os mesmos gatilhos vai entrar em sua vida com outro figurino. É indicado esportes, relaxamentos para adquirir mais controle do seu corpo. A TDC Técnica de Descompressão Corporal (Professor Josimar Fonseca) foi desenvolvida com esse objetivo.

Conseguir se libertar de quem reproduz os padrões de envolvimento e é capaz de te fazer sofrer a mesma invalidação vivida na infância, significa que até dos familiares narcisistas você também conseguirá. Como ajuda auxiliar, use as técnicas do contato zero e da pedra cinza e feche todas as redes sociais. Como lidar com a tristeza que bate às vezes por não poder voltar no tempo e corrigir o que foi feito por mim? É importante entender que quem conviveu com uma pessoa com transtorno de personalidade narcisista adquiriu marcas que não nunca serão apagadas. Essas marcas farão parte do caráter do sobrevivente. É um sinal de sobrevivência e não tem como voltar no tempo para corrigir ou mudar o que aconteceu. Tente enxergar como uma cicatriz que salvou sua vida e todos os dias você vai acordar e ver que a sua vida é diferente do que era. Depois de uma experiência traumática surge a necessidade de construir coisas novas pelas quais valha a pena viver daí para frente. Como lidar e amenizar as lembranças que ficam martelando na minha mente e que às vezes fazem meu rosto queimar de vergonha? Primeiramente, você não dever ter vergonha de nada. Essa vergonha não é sua. Quando você se envolve com narcisista é porque você tem estresse pós traumático complexo que envolve uma séria de características, entre elas, a vergonha pelo outro. A vergonha alheia é também conhecida como vergonha tóxica. Experimente pontuar o que traz essas lembranças e evitar. Pode ser um lugar, um estilo de música, uma comida, entre outras coisas. Não devemos viver emoções que não são nossas.


Mais informações sobre a TDC Técnica de Descompressão Corporal nos links abaixo:


Instagram:

Técnica de descompressão (@tdcdescompressao) • Fotos e vídeos do Instagram


Facebook:

TDC Reeducação Motora - Publicações | Facebook





texto baseado no vídeo de 22 de agosto de 2021 do canal Psicanálise & Eu no Youtube.


53 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo