Filhos e a infidelidade conjugal


A infidelidade é o ato de ter relações sexuais com alguém que não seja o cônjuge. Ocorre com bastante frequência em casamentos e é causa de tremenda dor e miséria. Quando uma pessoa trai seu cônjuge, ele ou ela causa estragos na vida dessa pessoa e dos filhos que tiveram juntos. Esse tipo de traição destrói o casamento e pode ter efeitos de longo prazo nos filhos resultantes do relacionamento adúltero.


Estudos mostram que ter um cônjuge traidor causa danos emocionais e físicos à família. O cônjuge traidor prejudicou o relacionamento dos filhos com ambos os pais. As crianças expostas à infidelidade dos pais crescerão e se tornarão adultos que também terão problemas para estabelecer relacionamentos saudáveis ​​com os outros. Um pai traidor diminui a autoconfiança e a estima dos filhos, tornando mais difícil para eles terem sucesso na vida. Além disso, permanecer em um relacionamento abusivo não proporciona a estabilidade emocional necessária para lidar com a traição conjugal. Eventualmente, essa falta de bem-estar emocional leva a problemas de saúde mental para as crianças.


Pessoas casadas com um parceiro que trai acham difícil confiar no sexo oposto. Isso ocorre porque a ameaça constante de ser traído os torna cautelosos em todos os relacionamentos. Além disso, se eles próprios são adúlteros, acham muito difícil ser fiéis ao cônjuge. Isso ocorre porque eles estão tão acostumados a colocar suas necessidades antes do cônjuge que não têm mais tempo para eles. Com o tempo, essa falta de respeito tem um impacto negativo no casamento, pois os cônjuges param de se amar devido à falta de respeito.


Se um membro da família descobre que seu cônjuge está traindo, isso cria muitos conflitos e dramas. Confrontar uma pessoa sobre sua infidelidade pode ser traumatizante para os envolvidos no relacionamento. Por exemplo, se um filho descobre que seu pai está tendo um caso, ele pode experimentar sentimentos intensos de traição e choque. Isso pode levá-los a desenvolver ansiedade e depressão, o que traz sérias consequências para sua saúde mental e para o relacionamento com os pais. Além disso, se um irmão descobre que eles estão tendo um caso, eles também podem cair em depressão profunda; isso pode torná-los hostis em relação aos outros membros da família.


A infidelidade prejudica todos os envolvidos em um relacionamento adúltero - o próprio adúltero, sua esposa e seus filhos. No entanto, os membros da família que são pegos em adultério também sofrem graves consequências devido ao drama familiar em torno do incidente. É importante que as pessoas percebam quando alguém é infiel e tomem as medidas necessárias para proteger a si mesmas e a seus entes queridos nessas situações.


Este trabalho convida à reflexão sobre um fenômeno complexo e doloroso para muitas pessoas, casais e famílias. Uma ruptura em um acordo de relacionamento pode criar sentimentos e emoções indescritíveis. As perguntas deste box-book® irão ajudá-lo a enfrentar a situação, entender a dor e encontrar novos caminhos para restaurar a confiança e o equilíbrio em seus relacionamentos. Para adquirir o box acione o botão abaixo



Texto: Getulio Tamid - Psicanalista, Educador Social e Pós graduando em Antropologia

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo